Fernando de Noronha

Sistema Golfinho de Comunicação

Sistema Golfinho de Comunicação

É o Sistema Golfinho de Comunicação que leva entretenimento e informação para os 2.051 habitantes de Fernando de Noronha. Isolados geograficamente do resto do planeta, os moradores da Ilha estão ligados ao mundo pela TV Golfinho e pela FM Noronha/Transamérica.

A Televisão

A Televisão chegou a Fernando de Noronha em 1982 trazida pelos militares. A população da Ilha passou a receber os programas da TV Nacional, emissora oficial do Governo Federal. Uma programação composta, naquela época, basicamente por filmes.

Em 1985 foi criada, também pelos militares, a TV Golfinho, que passou a retransmitir, para os noronhenses, a programação da Rede Globo. Um ano depois começavam a surgir as primeiras produções locais, que foram fortalecidas em 88, quando a Ilha foi reanexada ao Estado e a emissora passou a ser gerenciada pela TV Pernambuco. O Jornal da Ilha, informativo local, recebeu reforço de jornalistas pernambucanos.

Hoje a TV Golfinho está nas mãos da Administração do Distrito. Além da Globo, a emissora é responsável pela retransmissão dos sinais do SBT, Record, Bandeirantes, Rede TV e TV Pernambuco/Canal Futura.


Jornal da Ilha

Mas a programação de maior audiência é o informativo local, “Jornal da Ilha”. O programa é veiculado de segunda à sexta-feira no horário noturno do noticiário local da Rede Globo. Com 15 minutos, em média, de duração, o “Jornal da Ilha” traz o dia-a-dia da comunidade, reportagens ecológicas, matérias de serviço e de interesse da população.

Celebridades, políticos e famosos – nacionais e internacionais – também não escapam das lentes e dos repórteres da TV Golfinho. Já desfilaram na tela da emissora noronhense, personalidades como os ex-presidentes Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso; o atual, Luiz Inácio Lula da Silva; O príncipe Frederick da Dinamarca; Jornalistas de projeção Nacional, como Carla Vilhena, Ernesto Paglia e Sandra Annenberg e os atores Fábio Assunção, Tiago Lacerda, Rodrigo Santoro, Sônia Braga, Marcelo Novaes, Marcelo Serrado, Letícia Spiller, Regina Casé, entre outros.

A Rádio

Assim como a TV, a Rádio também chegou a Noronha em 1982 pelos militares. Como Rádio Nacional, as primeiras programação eram gravadas e toda musical. Em março de 2000 a emissora se afiliou à Transamérica, a maior rede de rádio em frequência modulada do país. Hoje, a FM Noronha/Transamérica, que está sob a gerência da Administração do Distrito, leva ao ar, de domingo a domingo, 24 horas de programação, entre programação de Rede e local. A rádio Noronhense produz seis programas, sendo o de maior audiência o “Momentos de Alegria”.


Programação Local

Entre os programas locais, o “Momentos de Alegria” é o mais popular e tradicional. No ar há 10 anos, o apresentador Ramos Pereira (Raminho) leva ao ar, de segunda à sexta, da 09h00 ao meio-dia, notícias da Ilha e de todo o país, entrevistas, debates, fofocas da TV, signos e pedidos musicais.

Os programas "Toca Uma" e "Balaio de Gato" são mais voltados para o público jovem. Apresentados por Alexandre Silva e Thânia Brito, respectivamente, levam ao ar as músicas mais pedidas do ouvinte e os sucessos do rock nacional e internacional, MPB, música POP e Reaggae. Já o "Naftalina" é uma versão local do programa da Rede Transamérica e traz os sucessos do pop/rock dos anos de 80 e 90.

O "Ilha Esperança" é um programa ecológico. A bióloga Lourdes Sampaio leva ao ar debates, entrevistas, dicas e informações sobre o meio ambiente. Tudo recheado com MPB e música instrumental. E, de segunda à sexta-feira, a FM Noronha Transamérica leva ao ar, das 18h00 às 19h00, as mensagens de Deus e músicas religiosas. A cada dia o programa é comandado por um segmento religioso da Ilha.


Programação de Rede

De segunda à sexta a programação da Rede Transamérica é veiculada via satélite a partir das 20h00 até às 08h00. No Final de Semana toda a programação também vem via satélite.

  • Fernando de Noronha 2013© - Todos os Direitos Reservados